UIVANDO PELO MUNDO ...

Seja bem vindo ao Uivo da Loba

center>

sábado, 9 de abril de 2016

Sobre amigos e ausências.

Tenho lido muito nos últimos tempos coisas do tipo, nossa que saudades de você, você sumiu, gostaria tanto de conversarmos, colocar os papos em dia, enfim, sempre leio isso geralmente das pessoas que me são mais próximas, que sempre fizeram parte de minha vida ao longo da jornada, mas confesso que ando decepcionada.
Sou uma pessoas ocupada sim e muito, tenho milhões de coisas a fazer e ainda por cima (não é desculpa) tenho minha menina, que como sabem tem paralisia cerebral e depende totalmente de mim, ha dias que me arrasto, pois também não ando lá essas coisas com minha saúde, mas tenho me aguentado, preciso ser forte para poder dar conta de tudo e quase não reclamo, só as vezes, rsrsrs, afinal sou humana também.
Mas o que me choca é ter amigas intimas que quase nunca estão disponíveis, sempre ocupadas com suas próprias vidas, mas sempre tão disponíveis para postagens em fb e instagram, acho cômico sabe... 
Ser amigo não significa estar o dia todo em contato com o outro, mas é ter a gentileza de pelo menos deixar um oi de vez em quando, uma figurinha, um aceno apenas já deixa o nosso dia mais feliz. 
Morar em outro país nos dá essa dimensão de distanciamento, há dias maravilhosos que vivemos como se fosse o último, mas há dias também, que tudo o que precisamos é daquela palavra de quem te conhece a fundo e sabe da tua história, apenas um como você está, nos salvaria da solidão.  
Tenho refletido muito sobre tudo isso, sou solícita e estou sempre disponível, mas também gosto de reciprocidade e isso é tudo que não tenho tido nos últimos tempos.
Não é pra reclamar este post, tampouco para dar nomes aos bois, é apenas um desabafo, pois, quando a gente quer a gente faz, um segundo do teu dia não vai te atrasar na ida ao cabeleireiro ou aquela festa que durará a noite toda, alimentar a amizade também é importante.
Ultimamente pessoas que nunca encontrei pessoalmente, sabem muito mais de mim do que aquelas que passaram uma vida ao meu lado, e é delas que tenho tirado forças para seguir e superar tudo o que tenho passado.
Obrigada aos amigos "virtureais" que sempre estão disponíveis para nos alegrar, ouvir, apoiar e principalmente estão sempre presentes no dia dia, as vezes com um simples emoticon para nos fazer rir, um telefonema, uma mensagem de carinho.
É para vocês este post, para agradecer por existirem.

A amizade não é uma Ilha é um Oceano, pensem nisso.


Bjuivos no coração de cada um de vocês. Obrigaduuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuu.

Loba.



http://uivodaloba.blogspot.pt/



Esta música é um presente para meu amigo Toninho em inspiração ao comentário que ele fez neste post. Obrigada amigo https://mineirinho-passaredo.blogspot.pt

26 comentários:

Osvaldo Luiz disse...

Que legal,minha amiga!!! Rsrsrs
Nossa, sério mesmo.

Fiquei super contente em saber da novidade, (claro que só pra mim que é novidade, né, o "anordo", orelhudo, desinformado!!! Kkkkkkkk).

Sabe que eu adoro ler e principalmente o que escrevem pessoas que eu conheço, mesmo que virtualmente!!

Sobre o teu texto recente, ...show....me transportei pra um mundo diferente do meu e mais parecido com o teu!
Fiquei me imaginando morando em outro lugar e nas outras coisas que vc citou.

Bom...vc sabe que eu não sou muito aquele exemplo de sociabilidade, aliás eu até que sou sociável....os outros é que não são comigo! Kkkkkkkkkkkkkkkkkkk, mas consegui, lendo o teu texto, me transportar pra um mundo de pequenas coisas e grandes detalhes e confesso que vc fez meu coração ficar apertado....não sei se esse era o objetivo mas a mim foi esse o efeito causado! (Eu entro em detalhes mesmo, por que também escrevo e sei da gana que um escritor tem de ouvir/ler algo sobre o seu trabalho) Rsrsrsrsrs

De nenhuma das formas que nós, pobres mortais conhecemos, a vida é fácil, mas imagino que no teu caso as coisas...não são nem coisas, são plataformas...e estão em outro nível e lógico que eu não sou nenhum Zé Bidú pra saber o que se passa e nem me passa pela idéia dizer que "imagino o que vc sente", mas posso dizer com certeza (odeio essa expressão, "com certeza" Kkkkk) que teu texto conseguiu dar perfeitamente o recado e que quem lê só não entende o recado se for muito(a) tapado(a) ou ignorar terminantemente!! Rsrsrs

Adorei conhecer esse lado teu e lamento profundamente que não tenha sabido antes, o que é culpa minha provavelmente! Rsrsrss

Beijo, beijo, beijo no teu coração amiga minha adorada e muito, mas muito sucesso sempre!!
Te adoro!

Valéria Russo disse...

Osvaldo, que palavras lindas, sim, vc entendeu na medida exata o que sinto, sabe, não me falta amor, mas me falta sim meus amigos de uma vida que por vezes precisamos, mas tb sobrevivemos sem, ou aprendemos a sobreviver...
Obrigada por sua amizade que tanto gosto, seu humor ácido e sua verdade sempre transparente, o que as vezes não concordo não curto, vc sabe bem, respeito é a base de toda a relação seja ela de amor amizade que é tb uma forma de amor, mas te admiro muito por seu respeito por mim e por quem o merece , rsrsrsrs, amizade e inteligencia.
Te quero bem e tb adoro vc, bjuivos no coração amigo querido.

✿ chica disse...

Valéria, adorei teu desabafo tão bem colocado em palavras! Falaste a verdade mesmo!
Amigos vemos na hora da dor, pois se damos festas, estão todos prontos, sem cansaço algum...É assim! bjs, chica

Patrícia Pinna disse...

Bom dia, Valéria. Eu não conhecia teu blog.
Achei interessante o início da postagem e resolvi ler.
De pleno acordo com tuas palavras.
É muito fácil cobrarem qualquer coisa de nós, mas sequer estarem presentes num simples desejo de que a semana corra bem.
Os vizinhos,"amigos" de longa data já não são mais os mesmos.
A vurtualidade é mais palpável, sem dúvida, criamos elos, cabe a nós mantermos.
Mas existem os que se afastan do nada e ficamos sem entender.
A amizade real está cada vez mais banalizada,infelizmente.
Poucos são os que realmente chamo de amigos.
A distância não importa, contudo o amor sim.
A entrega é necessária de ambos os lados
Muita força e que Deus os abençoe.
Linda semana de paz.
Parabéns pelo desabafo.
Beijos na alma.

Patrícia Pinna disse...

Correção: virtualidade
Contudo, o amor sim

Patrícia Pinna disse...

Correção: virtualidade
Contudo, o amor sim

Patrícia Pinna disse...

Bom dia, Valéria. Eu não conhecia teu blog.
Achei interessante o início da postagem e resolvi ler.
De pleno acordo com tuas palavras.
É muito fácil cobrarem qualquer coisa de nós, mas sequer estarem presentes num simples desejo de que a semana corra bem.
Os vizinhos,"amigos" de longa data já não são mais os mesmos.
A vurtualidade é mais palpável, sem dúvida, criamos elos, cabe a nós mantermos.
Mas existem os que se afastan do nada e ficamos sem entender.
A amizade real está cada vez mais banalizada,infelizmente.
Poucos são os que realmente chamo de amigos.
A distância não importa, contudo o amor sim.
A entrega é necessária de ambos os lados
Muita força e que Deus os abençoe.
Linda semana de paz.
Parabéns pelo desabafo.
Beijos na alma.

Arione Torres disse...

Oi amiga,
desculpe pela ausência, ando sem tempo para o blog, mas aos poucos venho retribuir o carinho! ♥
Lhe desejo uma excelente semana, beijos e fique com Deus!!

Meri Pellens disse...

Bem assim. Tbm acho que para manter amizade não precisa estar em contato sempre, mas um oi vez e outra faz bem. Tem aqueles q cobram presença mas não se esforçam em fazer presença. Amizade é estrada de mão dupla sempre.
Bjka, Valéria.

Roselia Bezerra disse...

Boa noite, querida Valéria!
Que bom vc ter se animado a voltar pois escreve muito bem e é amiga da gente... bom quando a gente encontra uma blogueira que preenche os dois quesitos!
Fico muito feliz!
Bjm muito fraterno

Carolina Ferraz disse...

Nao sabia que tinha um blogguer minha linda mais amei está por aqui amei os posts vou estar sempre ligada
beijinhos

Toninho disse...

Boa noite Valéria, a amabilidade é uma gentileza.
Lí seu sentimento e entendo o que é isto. Com o tempo a gente aprende a saber dos que estão conosco e que fazem toda a diferença em nosso cotidiano.
Às vezes os dias se tornam turvos e tateamos para seguir e quando uma mão surge neste cinza e nos leva como anjos cresce em nós uma gratidão e o desejo de estar sempre com estes anjos. A tecnologia encurtou distancias, mas ironicamente ao mesmo tempo criou um certo distanciamento destas. Claro que não entendemos e ai vem esta apatia, esta desilusão.Mas vamos priorizar o trigo e com ele fazendo nosso pão de cada dia, que nos sustenta e faz crer na amizade, não perco esta fé e vou por aí espalhando o melhor de mim.
Vamos por aí amiga e que a paz esteja sempre em nossa companhia.
Então vamos nesta alcateia soltando os uivos do bem.
Carinhoso abraço e uma semana de paz e alegria.
Bjs de paz.

Valéria Russo disse...

Chica querida, vc tem razão porque será que para as festas todos tem tempo? kkkkk Desabafar alivia o coração, obrigada por estar sempre aqui com seu carinho e delicadeza, bjuivos no teu coração.

Valéria Russo disse...

Patrícia, teu texto me fez refletir, acho que pensamos mais ou menos parecido e sentimos da mesma maneira, há coisas que doem muito na alma dos sensíveis, mas somos fortes e sabemos nos fortalecer na dor e aprender com ela, obrigada pela visita e te espero por aqui sempre, bjuivos no coração e obrigada pelo carinho.

Valéria Russo disse...

Arione, obrigada eu pela sua visita e palavras doces, acho que andamos todos sem tempo, a vida parece que está passando rápida demais e não estamos dando conta de tudo, mas obrigada por ter vindo deixar o seu carinho, pretendo ainda antes do fim de semana retribuir a visita e deixar tb o meu uivo lá na sua casa , rsrs, bjuivos no coração.

Valéria Russo disse...

Meri, vc em razão minha linda a amizade é uma via de mão dupla e o sentimento assim como as plantas tem de ser cultivados. Mas vamos seguindo e aprendendo cada dia... Obrigada pela visita e que bom que voltou ao blogue, fico feliz demais da conta, bjuivos no teu coração.

Valéria Russo disse...

Rosélia minha linda amiga, você sempre com palavras de incentivo e força, vc é sol na vida daqueles que te conhecem, obrigada por tudo, bjuivos no coração.

Valéria Russo disse...

Carol, que bom te ter aqui minha linda, obrigada, tenho sim, blogo a 7 anos, mas andava meio sumida por falta de tempo e tb um pouco de desanimo, mas estou de volta e feliz demais por ter vc aqui comigo, bjuivos no teu coração e tb estou sempre ligada na tua página, te desejo o melhor e bjus imensos na tua mãe e padrasto, pessoas que admiro e quero muito bem. Obrigada.

Valéria Russo disse...

Querido Toninho, quanta profundidade nas tuas palavras, a analogia que fez em relação ao trigo me fez pensar e refletir e é lindo isso , me lembrou da música Faca Amolada de Milton Nascimento, vc é luz meu amigo e tuas palavras nos saciam a fome de afeto e amizade. Obrigada pelo carinho e por estar sempre presente, bjuivos no teu coração.

"Deixar a sua luz brilhar no pão de todo dia
Deixar o seu amor crescer na luz de cada dia
Vai ser, vai ser, vai ter de ser, vai ser muito tranquilo"

POESIAS SENSUAIS E CONTOS disse...

ter boas amizades é muito importante. Um belo fim de semana.

ONG ALERTA disse...

Verdade amigo pode estar longe ou perto ..,,
Bjbj Lisette

Zilani Célia disse...

OI VALÉRIA!
AQUI PELA PRIMEIRA VEZ E TE SEGUINDO.
SAIBAS QUE ME FIZESTE REFLETIR, -SERÁ QUE TENHO SIDO PRESENTE NA VIDA DE MEUS AMIGOS REAIS? A BLOGOSFERA É ALGO QUE NOS FASCINA E TOMA TEMPO(RSRSRSRSR) É UMA VERDADE, MAS COMO BEM O DISSESTE NÃO PODEMOS ABRIR MÃO DAQUELE AMIGO QUE MUITAS VEZES ESTÁ AO ALCANCE DE UM TELEFONEMA OU DE UM ENCONTRO POR RÁPIDO QUE SEJA, APENAS PARA PERGUNTAR=LHE, OLHANDO NOS OLHOS, -COMO ESTÁS?
E ISSO, SEI QUE FAZ TODA A DIFERENÇA.
ABRÇS
http://zilanicelia.blogspot.com.br/

Cadinho RoCo disse...

Viver é se comunicar sempre.
Cadinho RoCo

Evanir disse...

Valéria eu li com atenção e carinho
cada palavra da sua postagem.
Foi emocionante do começo até a última palavra
um desabafo tremendamente honesto sincero e lógico.
Eu ouso direto as mesmas palavras dos únicos
ocupados e sem tempo.
Nessa postagem me enquadrei direitinho.
Na vida real é todos os dias
na virtual confesso tenho amizades que jamais esquecerei.
Com 11 anos de blog nunca deixei de visitar
infelizmente estou um tanto ausente por ainda ñ conseguir um médico que consiga dar uma boa medicação , pois preciso viver com mais dignidade a dor da fibromialgia. ..
Li sobre sua filha minha querida tenho certeza és
uma pessoa abençoada por Deus pela grandeza do seu amor.
Quando estiver em condições seguirei minha viagem.
Foi no blog onde conheci as pessoa mais
querida da minha vida.
Eu tenho um face mas pouco passo por lá amo é meu blog mesmo
e não consigo fazer tantas coisas.
Que Jesus te abençoe sempre.
Feliz final de semana beijos.
Evanir.

POESIAS SENSUAIS E CONTOS disse...

Que brilhante texto para reflexão e pensar verdadeiramente sobre as boas amizades. Virtualmente tenho bons amigos.

Tais Luso disse...

Poxa, que belo seu texto, comove, dá um nó na garganta, mesmo eu não lhe conhecendo, mas eu entendo tão bem! Sentimentos e solidariedade não estão a venda em qualquer esquina... Há um certo endurecimento em voga, e os sensíveis naturalmente sofrem mais. Eu até queria ser mais 'durinha' na queda, amiga, a gente sofre muito menos, sabe? Mas não é agora que vou mudar...
Que você cuide de sua saúde, de sua menininha. Tem gente que é muito legal, amiga.
Um beijo, fique bem.

E AS LOUCAS HORAS

NÃO COMPRE ANIMAIS, ADOTE!!!BICHO É TUDO DE BOM .

NÃO COMPRE ANIMAIS, ADOTE!!!BICHO É TUDO DE BOM .