UIVANDO PELO MUNDO ...

Seja bem vindo ao Uivo da Loba

center>

quinta-feira, 27 de agosto de 2015

Desapegar e seguir.


http://uivodaloba.blogspot.com

Algumas mortes são necessárias sim. Precisamos matar aquilo que já não nos acrescenta, o que tem nos feito mal e simplesmente já não cabe mais em nossa jornada.
Quando digo matar (claro que não literalmente) digo desfazer-se, livrar-se, eliminar todo o sentimento que nos causou mágoa, tudo aquilo que julgávamos importante e que de uma hora para outra deixou de ser, limpar as gavetas, trocar de lugar os móveis, mudar o modo de ver e sentir as coisas.
É fundamental que sigamos nossos caminhos, praticando o desapego e nos lancemos a vida sem medos, sem receios do novo, pois ele é o que nos impulsiona e dá sentido ao nosso viver. Jogue fora tudo aquilo que não faz mais sentido, a velha roupa que já não te cabe e não vai caber, mesmo que você emagreça 10 kl, você já não é mais a mesma, teu corpo já não é mais o mesmo, teus sonhos se transformaram e agora teus objetivos são outros, estamos em constante mutação e esse é o grande lance da vida e o grande barato de viver.
Temos que perdoar muitas vezes até mesmo quem nunca nos pediu perdão, por que merecemos paz, precisamos enxergar novos horizontes mesmo que permaneçamos no mesmo lugar, a mudança acontece de dentro para fora e devemos deixar que ela aconteça sem medos.
Eu estou aprendendo com as mudanças em minha vida, estou crescendo como nunca imaginei, sai da minha zona de conforto e segui meu coração, atravessei o Oceano e fiz de outro país minha morada, tenho aprendido que a simplicidade é um modo de vida na Europa e tantas coisas e pessoas que eu acreditava serem eternas e fundamentais, hoje já não passam de meras lembranças, ficaram para trás juntamente com minha casa e minhas coisas... aprendi a viver sem elas, não digo que está sendo fácil, pois não é, tem dias que a solidão bate forte, a saudade dos amigos verdadeiros de uma vida inteira dói fundo, saudade do samba, do calor e da alegria do povo brasileiro, dessa nossa terra linda "onde canta o Sabiá", saudade de tudo, mas com a certeza que não quero voltar (somente a passeio) pois tenho aqui, o que aí jamais teria, paz e segurança e isso não tem preço.
Eu mudei, matei pessoas dentro de mim porque não mereciam lá estar, foi em legítima defesa, eu juro! Estou seguindo, buscando a transformação através dos dias calmos e do que o futuro e a nova vida ainda tem por me oferecer, que venha tudo, que o futuro me traga surpresas, estou ansiosa por viver cada segundo com toda a intensidade, me abrir ao novo e ao conhecimento que ainda quero e posso adquirir. A vida começa todos os dias e a nós só cabe viver e deixar que ela flua como um rio em que remamos calmamente e ao sabor da aventura.

Loba.

Bjuivos no coração.



6 comentários:

Rogerio G. V. Pereira disse...

Texto lobo,
que se junta a outra alcateia.
Três sublinhados:

Primeiro - "Algumas mortes são necessárias sim. Precisamos matar aquilo que já não nos acrescenta"

Segundo - "precisamos enxergar novos horizontes mesmo que permaneçamos no mesmo lugar, a mudança acontece de dentro para fora e devemos deixar que ela aconteça sem medos."

Terceiro - "A vida começa todos os dias"

Bem-vinda!

✿ chica disse...

Bem legal e precisamos desapegar as coisas ruins e que nos fazem mal, dentro e fora d nós! Lindo findi! bjs, chica

Roselia Bezerra disse...

Olá, querida Valéria
Eu mudei, matei pessoas dentro de mim porque não mereciam lá estar, foi em legítima defesa, eu juro!
Aconteceu o mesmo comigo... impressionante!
Oremos uma pela outra...
Bjm fraterno

Valéria Russo disse...

Rogério, obrigada pela visita ao Uivo e pelo apoio, bjuivos no seu coração.

Valéria Russo disse...

Chica minha linda, que o novo nos invada com todo seu esplendor!Bjuivos no coração

Valéria Russo disse...

Rosélia, que Deus afaste de nós aqueles que não nos acrescentam apenas sugam, bjuivos no seu coração.

E AS LOUCAS HORAS

NÃO COMPRE ANIMAIS, ADOTE!!!BICHO É TUDO DE BOM .

NÃO COMPRE ANIMAIS, ADOTE!!!BICHO É TUDO DE BOM .