UIVANDO PELO MUNDO ...

Seja bem vindo ao Uivo da Loba

center>

terça-feira, 12 de janeiro de 2010






GENTE... EU SEMPRE LEVANTO A BANDEIRA DO SER FELIZ E REALIZAR OS SONHOS QUE SONHAMOS..
ACHO QUE DEVEMOS REALMENTE LUTAR PARA CONCRETIZAR AQUILO QUE QUEREMOS E NÃO DEIXAR PASSAR O INTUÍTO SECRETO DE REALIZAR...SEMPRE ...SER FELIZ É O QUE SE QUER E SONHAR O IMPOSSÍVEL É SEMPRE UMA MANEIRA DE FAZER COM QUE TORNE-SE POSSÍVEL...
SEMPRE ME REFIRO AO TEXTO DO QUINTANA QUE POSTAREI ABAIXO..ELE SEMPRE ME EMOCIONOU...É UMA TRADUÇÃO DO POSSIVÉL,MESMO QUE ESTE SONHO LEVE ANOS PARA ACONTECER..
O VELHO DA GARE DE ASTAPOVO REALIZOU SEU SONHO...
ACREDITE NOS SEUS ,POIS AQUELE QUE DIZ QUE JÁ REALIZOU TODOS OS SEUS SONHOS ,NO MEU ENTENDER ,ESTÁ IRREMEDIAVELMENTE Á DISPOSIÇÃO DA MORTE.
ESPERO QUE GOSTEM DO POEMA...
BJUIVOS DA LOBA.









Poema da gare de Astapovo
O velho Leon Tolstoi fugiu de casa aos oitenta anos

E foi morrer na gare de Astapovo!

Com certeza sentou-se a um velho banco,

Um desses velhos bancos lustrosos pelo uso

Que existem em todas as estaçõezinhas pobres do mundo

Contra uma parede nua...

Sentou-se ...e sorriu amargamente

Pensando que

Em toda a sua vida

Apenas restava de seu a Gloria,

Esse irrisório chocalho cheio de guizos e fitinhas
Coloridas

Nas mãos esclerosadas de um caduco!

E entao a Morte,

Ao vê-lo tao sozinho aquela hora

Na estação deserta,

Julgou que ele estivesse ali a sua espera,

Quando apenas sentara para descansar um pouco!

A morte chegou na sua antiga locomotiva

(Ela sempre chega pontualmente na hora incerta...)

Mas talvez não pensou em nada disso, o grande Velho,

E quem sabe se ate não morreu feliz: ele fugiu...

Ele fugiu de casa...

Ele fugiu de casa aos oitenta anos de idade...

Não são todos que realizam os velhos sonhos da infância!


Mário Quintana

3 comentários:

Renata Nogueira disse...

Lindo poema, Valéria!!!
Você estava fazendo falta, hein!!!!
Beijão

Vem desfrutar do Amor de Deus disse...

Nossa que coisa linda!!! amei esse poema e pra ser honesta não conhecia, mas sempre é tempo né?
Bjs carinhosos pra você
Márcia

Jeanne disse...

Lindo demais este poema! Adoro Mário Quintana!
Beijos :)

E AS LOUCAS HORAS

NÃO COMPRE ANIMAIS, ADOTE!!!BICHO É TUDO DE BOM .

NÃO COMPRE ANIMAIS, ADOTE!!!BICHO É TUDO DE BOM .