UIVANDO PELO MUNDO ...

Seja bem vindo ao Uivo da Loba

center>

domingo, 12 de julho de 2015

Gargalhada

Gargalhada
Quando me disseste que não mais me amavas,
e que ias partir,
dura, precisa, bela e inabalável,
com a impassibilidade de um executor,
dilatou-se em mim o pavor das cavernas vazias…
Mas olhei-te bem nos olhos,
belos como o veludo das lagartas verdes,
e porque já houvesse lágrimas nos meus olhos,
tive pena de ti, de mim, de todos,
e me ri
da inutilidade das torturas predestinadas,
guardadas para nós, desde a treva das épocas,
quando a inexperiência dos Deuses
ainda não criara o mundo…

Guimarães Rosa
Http://Uivodaloba.blogspot.com

3 comentários:

✿ chica disse...

Linda poesia escolhida! Uma semana bem legal! bjs, chica

Laysha Vampira disse...

A Vampira está de volta!

Saudades Loba!

Venha visitar-me!

Roselia Bezerra disse...

Olá, querida Valéria
Nada como um penetrante olhar para dissipar indecisões...
Bjm fratenro

E AS LOUCAS HORAS

NÃO COMPRE ANIMAIS, ADOTE!!!BICHO É TUDO DE BOM .

NÃO COMPRE ANIMAIS, ADOTE!!!BICHO É TUDO DE BOM .